Tenistas que praticam a técnica milenar conseguem aumentar o seu desempenho dentro de quadra, além de melhorar o bem-estar

 

Autoconhecimento, controle emocional e corporal, diminuição do estresse, alinhamento e fortalecimento da coluna. Esses são alguns dos inúmeros benefícios da Ioga (em português falado com “o” aberto e no feminino, mas também pode ser chamado de O Yoga – sem acento e falado com “o” fechado – sendo uma transliteração do sânscrito), um sistema de filosofia que surgiu há mais de cinco mil anos na Índia e que integra movimentos corporais e mentais com o objetivo de promover o bem-estar. Para os tenistas, a prática também traz diversos benefícios, ajudando a aumentar a confiança dentro de quadra e a aplicar as habilidades da melhor forma possível.

Ana Lídia Guerra

Ana Lídia Guerra – Professora de Ioga – CTK

Durante as Clínicas de Tênis Kirmayr, acontecem as aulas de ioga promovidas por Ana Lidia Guerra, praticante da técnica desde 2003 e pós-graduada na área em 2007.  Ela conta que sempre gostou de esportes em geral, chegou a praticar vôlei na adolescência e trabalhou em academia de ginástica e natação. “Isso me levou a desenvolver interesse pelo corpo humano, sua mecânica, metabolismos e sistemas.  Além disso, cresci no Kirmayr Hotel Fazenda e estive sempre em contato com os tenistas. Em 2013, começamos a oferecer ioga aos hóspedes do hotel. O Carlos Alberto Kirmayr, ciente de meu trabalho, convidou-me para levar a prática aos participantes das Clínicas de Tênis. Assim, fui me envolvendo cada vez mais com o esporte e hoje tenho imenso prazer em compartilhar esse conhecimento nas temporadas de Clínicas”, conta Ana Lidia.

A prática da ioga não tem restrições, porém devemos sempre observar as condições físicas do praticante para que os exercícios que serão realizados atinjam seus objetivos de bem-estar e qualidade de vida. Durante as clínicas, as aulas levam em conta a diversidade do público, atendendo as necessidades de quem é tenista e também de quem não pratica o esporte.

“O foco é em posturas e movimentos para aquecimento muscular e das articulações, posturas de equilíbrio, exercícios respiratórios, relaxamento e uma pitada de meditação. A intenção é mostrar exercícios e movimentos que já são familiares aos participantes, mas com a abordagem da ioga, para que todos possam assimilar melhor o que é ensinado e otimizar seu potencial físico, evitando a sobrecarga e o excesso que podem levar a lesões”, comenta a professora.

Ioga para tenistas

Um jogo de tênis exige muita concentração, mas nem sempre é fácil manter o foco, principalmente quando o estresse toma conta do corpo e da mente. Nestes casos, muitas vezes os atletas esquecem o que aprenderam e acabam errando em momentos decisivos de uma partida.

Movimentando articulações, treinando equilíbrio, concentração, coordenação motora e propriocepção.

Movimentando articulações, treinando equilíbrio, concentração, coordenação motora e propriocepção.

A ioga é uma alternativa para evitar que situações como essa ocorram. Quando praticado logo após um treino, por exemplo, o silêncio permite que as informações recebidas sejam assimiladas mais facilmente, melhorando, consequentemente, a técnica. “Em quadra, o atleta se depara com inúmeros fatores que vão influenciar o seu jogo. Ao aprender técnicas de ioga, ele adquire ferramentas que vão melhorar seu fôlego e desempenho em geral, corrigir erros, identificar fraquezas do adversário e, assim, poder tirar o melhor proveito de cada situação, controlando a ansiedade para finalizar um ponto, um game ou até o jogo”, explica Ana Lidia Guerra.

Para melhorar o desempenho, os tenistas podem incluir em suas rotinas o ioga. Quem não é atleta de alto nível consegue melhorar os treinos e se proteger de lesões praticando a técnica por, no mínimo, uma vez por semana. “É importante o acompanhamento  professor habilitado, incluindo nas aulas sequências de aquecimento, fortalecimento, flexibilidade e equilíbrio. Ao final das práticas e depois dos treinos, o relaxamento é importante para desacelerar e permitir que o corpo restabeleça seus ritmos naturais”, recomenda a professora.

Confira algumas dicas da especialista para os tenistas: 
  • Aula de Ioga para Tenista

    Fazendo a Postura da Cabeça de Vaca em pé, que vai fortalecer ombros e expandir a caixa toráxica

    A Árvore, postura de equilíbrio que trabalha a concentração, também tonifica as pernas, costas, ombros e braços, abre quadris e alinha a coluna.

  • Em Utkatasana ganhamos força nas coxas, essencial para permanecer com os joelhos flexionados durante o jogo, trabalhando principalmente quadríceps, preservando os joelhos, tornozelos e pés.

  • Posturas como Cabeça de Vaca e da Águia fortalecem os ombros, melhoram a precisão e aumentam a capacidade respiratória.

  • Uma simples sequência de movimentos para articulações, que vemos os jogadores fazendo na beira da quadra para se aquecer, se forem executadas com uma atitude mais atenta, incluindo a respiração, vai potencializar a performance, se transformando em vantagem para o tenista.

 

 

 

Intercâmbio

Faça um Intercâmbio Acadêmico Tenístico – Primeiro Semestre 2018

 
E-BOOKS GRATUITOS 
Leia e compartilhe com seus amigos

Seu filho em uma universidade americana e com bolsa de estudos? CLIQUE AQUI

Você quer ser um tenista profissionalCLIQUE AQUI

Você é um bom aluno e quer fazer uma universidade americana? CLIQUE AQUI

Produzido por

Sellketing – Agência de Marketing Digital